CLÍNICA DE JESUS:  SAÚDE FÍSICA   -  ESPIRITUAL  -  MENTAL  E  FINANCEIRA.                                    JESUS SALVA  -  JESUS CURA  -  JESUS BATIZA NO ESPÍRITO SANTO  -  JESUS ARREBATARÁ A SUA IGREJA

 

Pastores da Ucrânia convocam campanha de oração para impedir invasão russa

Enquanto o mundo assiste ao impasse na Crimeia e a ameaça de uma invasão da Rússia sobre a ucrânia, os líderes da igreja evangélica ucraniana estão convocando o país para uma campanha de oração com o objetivo de evitar a guerra.

Eles não estão sozinhos, líderes evangélicos da Rússia também estão se manifestando contra as ameaça da Rússia de usar suas forças armadas. O pastor Yuri Sipko, que foi vice-presidente da Aliança Batista Mundial entre 2002 e 2010 tem sido um dos porta-vozes mais articulados em favor da paz. “As igrejas russas devem orar contra o conflito armado. A Rússia não deve se tornar um agressor. Muito sangue já foi derramado por nosso povo”, declarou.

Sipko e vários outros lembram ainda que o presidente interino da Ucrânia é um pastor batista. “Olexandre Turchynov é um irmão em Cristo e um grande líder político, ele precisa de nossas orações para que Deus lhe dê grande sabedoria, força e paz.

Nesta terça, os pastores da Ucrânia fizeram uma grande vigília de oração, que durou a noite toda.

Eles estão pedindo a Deus que as tropas de Putin não avancem além da Crimeia, pois isso poderá resultar em guerra imediata. A maioria da população ucraniana pertence à Igreja Ortodoxa, que também já anunciou publicamente sua oposição a qualquer invasão.

Vitaly Sorokun, pastor de uma grande igreja ucraniana explicou à revista Christianity Today: “Estamos orando pela paz e pelo fim da agressão. Deus está no controle. Nós confiamos nele. Mas nunca esperamos que a Rússia se movesse tão rapidamente”. Explica ainda que a maioria da população não é favorável a essa intervenção russa e que a questão política tem sido distorcida.

Desde o dia 2 de março períodos de oração e convocação para um jejum nacional tem sido feitas pelas igrejas evangélicas do país.

“Nós, pastores, queremos acabar com essa agressão da Rússia através da oração”. Ele afirma que os evangélicos ucranianos tem recebido mensagens de apoio e também orações em seus favor de igrejas cristãos de toda região, incluindo Azerbaijão, Armênia, Belarus, Cazaquistão, Quirguistão, Letônia, Lituânia, Moldávia, Tajiquistão, Uzbequistão e Estônia.

Nos últimos dias, através de um comunicado de imprensa, a Aliança Evangélica Europeia também se manifestou com um pedido de paz entre a Ucrânia e a Rússia. Afirmou que suas igrejas afiliadas também estão em oração para que cesse o conflito que se agravou nos últimos dias. Com informações Christianity Today e CBN.

Fonte: Gospel Prime